Адвокат Голубев - жилищное право
Sobre mim Contatos Ordem
Rus
+7 (926) 523-2945
Todos os tipos de serviços de advogado na Rússia!
 
Advogado experimentado
Golubev Alexey Mikhaylovich
oferece os serviços:
 
Serviços do advogado
Arbitragem
Causas criminais
ACIDENTE NA ESTRADA
Privação dos direitos
Casos administrativos
Assuntos de família
Processos civis
Direito alfandegário
Lei trabalhista
Direito de alojamento
Disputas de Internet
Acordo de empréstimo
Declaração de pretensão
Reclamação
Reclamações
Pesquisa de documentos
Consulta com um desconto
        Адвокат по жилищным вопросам, юрист по жилищным вопросам.

          Рейтинг@Mail.ru
O advogado pelo direito de alojamento
RECOMENDAÇÕES

O CASO TRANSPORTADO
 
Administrativo

Este ramo do direito é hoje um dos mais conservadores como se regula principalmente por padrões do código de Alojamento de RSFSR, o aprovado 24.06.1983 mais, que é no momento da existência da URSS. Daí são muitas perguntas que permissão à primeira vista pela legislação atual, ao que parece, somente impossível como muitas vezes com esta finalidade é necessário estudar o bastante grande número de documentos de volume à procura de um necessário, contudo, e a prática judicial e de polícia aqui numerosa pode vir ao resgate. Por via de regra, a pessoa, tendo enfrentado problemas de alojamento sérios, não pode entendê-los independentemente, por isso, não sempre é capaz para estimar corretamente uma situação e escolher a decisão direita que vaga ao longo de corredores judiciais, e em alguma permissão de situações do negócio nisto ou aquela vantagem diretamente depende dele. Por isso a apelação oportuna à ajuda do advogado durante o processo de uma disputa de alojamento concreta pode promover mais bystry e corrigir a permissão do negócio em um ser. De outra maneira, mesquinho e louco pela libra.

Agora na Duma estatal da Rússia a pergunta da adoção da nova legislação de alojamento composta do pacote inteiro muito importante e bastantes documentos de volume discute-se ativamente. Deve observar-se que a solução de muitos problemas de alojamento segundo a nova legislação, radicalmente para modificar-se. Deste modo, por exemplo, de acordo com o novo código que concede premissas de acordo com o contrato do contrato social é só possível para o cidadão indigente que precisa da melhora de condições vivas, ao mesmo tempo na provisão principal geral do alojamento exclui-se. O contrato vai se tornar a base da instalação em premissas de agora em diante, e a autorização vai se abolir. Na nova legislação de alojamento a ordem do uso de premissas muito define-se exatamente pelos antigos membros da família do proprietário. Deste modo, em caso da terminação das relações de família com o proprietário de premissas o direito ao uso destas premissas dos antigos membros da sua família não permanece. O cancelamento de privatização, que é a aquisição livre do alojamento na propriedade torna-se uma das histórias curtas principais da legislação de alojamento. Mas é só uma pequena parte das modificações unidas com os direitos e deveres de alojamento de cidadãos no nosso país.

No entanto, a permissão de muitas das perguntas especificadas na olhada mais simplificada só supõe-se no futuro, contudo, para qualquer pessoa que a decisão de uma disputa de alojamento concreta pode tornar-se para pedir ao problema bastante sério a ajuda legal qualificada já agora, por isso, para ele uma oportunidade mais será verdade a tempo. E é necessário considerar que as situações não solúveis praticamente não acontecem.

Em 2.003 m pediu-me a ajuda para escrever o antigo cônjuge de N que só se registrou no seu lugar de residência do seu apartamento, mas nunca lá viveu. Tendo preparado cuidadosamente para a consideração do caso, tendo reconciliado toda a base comprobatória necessária, conseguimos realizar no tribunal da solução de uma pergunta a favor do M. Segundo o juízo de N o direito ao uso de premissas do M não se reconheceu e bateu-se do registro de registro neste lugar de residência.

Em 2001 A e D, casado, depois de receber o novo apartamento de dois quartos privatizou-o em ações iguais. Então devido às circunstâncias desenvolvidas forçaram-se a dissolver o matrimônio. Depois que o divórcio no início de 2004 D vendeu a ação no apartamento especificado ao estrangeiro com que E foi necessário viver em conjunto. Pedir-me para a ajuda E informou que o novo residente rudemente se comporta em relação a ele, constantemente ofende, não permite usar o espaço vivo total para não mencionar que simplesmente é pessoa, absolutamente estrangeira para ele. Tendo estudado os fatos do caso, vim a uma conclusão que em E há possibilidades bastante boas da recuperação da posição - кво para uma proteção de ações possíveis do novo proprietário residente, ilegal em relação a ele. A um de tribunais distritais da cidade de Moscou submetemos a declaração de pretensão sobre o reconhecimento do contrato da venda de uma ação ao inválido mais estranho D como o direito E para a compra primária desta ação se violou. Depois da prova longa o tribunal passou a decisão relevante, tendo anulado o contrato assinado. Agora E alcançado a ação D do último da soma na qual se vendeu ao estrangeiro, tendo-se tornado o cheio e só a anfitriã de todo o apartamento, que tem com a garantia se protegeu de qualquer intervenção na sua vida privada dos estrangeiros que solicitam a propriedade diretamente no seu apartamento.

Além dos casos especificados, na minha prática há um número de exemplos da solução de perguntas de alojamento de várias disputas resultantes entre parentes. O B, Zh e Z viveu três em conjunto em dois ao apartamento de quarto de acordo com o contrato do contrato social. E Z ser absolutamente adulto parasitado, não trabalhou e o B quem toda a vida vivida em um de dois quartos isolados do apartamento se envolveram na extração por meio de bomba fora do dinheiro, e às vezes e roubo simples na irmã. Contudo, o contrato do contrato social assinou-se com o qual se considerou como o empregador, e B e Z só membros da família do empregador embora todo o tempo de B conduzissem a economia independentemente e não precisou de nenhum meio ou a ajuda de duas outras irmãs. O comportamento de irmãs levou-a a desesperar-se, e decidiu pedir-me a ajuda na permissão da situação atual. Tudo isso ocorreu no meio de 2002. Do seu nome submetemos a petição sobre a modificação do contrato de emprego (a seção da conta pessoal no apartamento). Depois que o procedimento judicial longo unido com a repugnância de Zh e Z para combinar com ele no fim do 2003 por umas autoridades locais de decisão judicial comprometeu-se a assinar o contrato separado do contrato social do quarto especificado com B. O que finalmente também se fez. Então B com a minha ajuda privatizou o quarto especificado e desde vidas de maio de 2004 em certo apartamento de um quarto que chegou a propriedade depois da venda das premissas privatizadas.

Os casos especificados são só um bocado de como é possível resolver os problemas surgidos nesta área.

Assim, deve observar-se mais uma vez que não há situações não solúveis, a tempo a todo o mundo para definir a coisa principal o que quer realizar no momento da decisão de uma disputa de alojamento concreta e pedir a ajuda ao advogado.

Serviços do advogado experimentado no direito de alojamento:

$ / coçam-se
Consulta legal pelo direito de alojamento, o metrô de 1905, Krasnaya Presnya St, 29 10 000 coçam-se.
Consulta legal com partida para você 20 000 coçam-se.
Redigir documentos legais escritos de 5.000 coçam-se.
A participação na negociação processa com o oponente do cliente de 10.000 coçam-se.
A ajuda ao cliente reuniu-se, a um podgtovka e a execução da documentação necessária 10000 coçam-se.
Manter um processo civil em tribunal de 20.000 coçam-se.
Conduzir arbitragem importa no tribunal de 30.000 coçam-se.
Conduzir causa criminal em investigação preliminar (interrogação) de 30.000 coçam-se.
Conduzir causa criminal em tribunal de 30.000 coçam-se.


Lembre-se de que mais rápido se dirige, mais rápido recebem a verdadeira ajuda legal.


Chama, não hesite, em nenhum dia, inclusive dias de folga e férias pelo telefone +7 (926) 5232945 de 10:00 até 24:00. Alexey Mikhaylovich Golubev.

e-mail: agol@agol.ru

Sempre o seu advogado Golubev Alexey Mikhaylovich.
  Advogado de © 2003-2013 em perguntas de alojamento | o Advogado de perguntas de alojamento.